Buscar
  • Agroflores

7 dicas para envolver a família na jardinagem durante a quarentena

Além de ser uma forma de ocupar o tempo, a atividade pode ter função terapêutica e ajudar a aliviar o estresse causado pelo coronavírus


Como todos os seres vivos, as plantas merecem cuidados especiais. O que você pode não saber é que, de alguma forma, elas também cuidam de nós. Além de limpar o ar e decorar a casa, a jardinagem em si, pode ser uma verdadeira terapia e uma ótima alternativa para esta fase de quarentena.


Seja para ocupar o tempo em casa ou cuidar da sua saúde mental nestes tempos incertos, vale dar uma chance à jardinagem. Não sabe por onde começar? Separamos 7 dicas para os iniciantes, incluindo um passo a passo fofo de como envolver as crianças ao montar uma floreira!





1. A planta que cabe na sua rotina Pode ser que você ame o visual dos cactos, mas, às vezes, as orquídeas se encaixam melhor na sua rotina. É importante perceber os seus hábitos antes de comprar uma plantinha.


Há quem se dê melhor com regas regulares do que com aquelas espécies que exigem pouca água. Verifique se as plantas que você tem em mente exigem cuidados diários, semanais ou quinzenais e escolha o que é melhor para você. Dessa forma, você não vai deixá-las morrer com facilidade.


2. Segure as expectativas

Existem várias pesquisas que apontam os benefícios de cada espécie. A babosa, por exemplo, faz parte das receitas de muitos cosméticos e até purificadores de ar. Porém, não deposite muita expectativa nas plantinhas.


Além disso, estude sua casa antes de chegar à loja com ideias em mente. É importante posicionar as plantas em um local arejado e que receba uma boa dose de luz natural.


3. Não comece com os vasinhos pequenos

A chance de você esquecer de cuidar de uma planta pequena é bem maior em comparação com as espécies grandes. Além disso, quanto mais delicadas, mais cuidados exigem. Saiba que as raízes maiores oferecem maior chance de recuperação, caso você cometa algum erro.


4. Compre em lojas especializadas

Em lojas maiores, com vários departamentos, pode ser mais difícil encontrar informações precisas. Os estabelecimentos menores, por outro lado, podem até ter um número de espécies limitado, mas é certeza que os funcionários saberão o que é melhor para cada uma. Muitos deles fazem entregas e, diante da crise do coronavírus, sempre vale incentivar o pequeno produtor.


5. Não tenha medo de perguntar e busque por informação

Caso sua planta comece a murchar, não se desespere em adicionar mais água. Procure alguém que entenda bastante e verifique as informações online.


A internet é cheia de dicas, mas tenha certeza de que as recomendações são apropriadas para o local onde você vive, uma vez que o clima afeta diretamente no desenvolvimento natural.


6. Envolva toda a família


Já que neste período de quarentena, as atenções estarão ainda mais voltadas aos pequenos, vale envolvê-los na atividade.


E lembre-se, jardim (terapia) acaba se tornando um estilo de vida.

38 visualizações
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Faça parte da nossa lista de emails

© Filipe Vedovato. 2020 por Marketing Agroflores.

marketing@agroflores.com | Telefone: (19) 3902-9030 

Matriz: Rod SP 107 km 27,5  - Santo Antônio de Posse, São Paulo - Brasil